Overtraining: alguns dos principais sintomas Photo: CorVos | pezcyclingnews.com
Domingo, 26 Março 2017 20:22

Overtraining: alguns dos principais sintomas

Todos sabemos que uma rotina de treinos é essencial para melhorar o rendimento, mas saber quando descansar também é muito importante para a evolução da forma física. O overtraining é mais comum que pensamos, e além de produzir vária consequências negativas a principal delas é a diminuição do rendimento.

Abaixo listamos alguns sintomas do overtraining:

1) Fadiga muscular e câimbras

 

Quando temos uma rotina de treinos longos e intensos nossos músculos terminam pagando, já que, as fibras musculares não conseguem se reconstituírem para o próximo treino. E este é o sintoma mais evidente que poderá indicar que estamos passando por overtraining.

Para não acabar lesionado deve-se descansar alguns dias caso você sinta a musculatura fadigada em excesso, como também quando esteja sentindo câimbras durante os treinos.

2) Desmotivação

 

A motivação pode ser uma resposta direta do seu organismo, e quando a vontade de sair para treinar desaparece pode ser simplesmente um aviso do seu corpo dizendo que algo não está bem. E neste caso o overtraining pode ser o real motivo da desmotivação.

3) Dor nas costas e pescoço

 

Ainda que estes sintomas possam estar relacionado com uma má posição em cima da bike, é também um indicativo do overtraining. Por mais que a posição do corpo enquanto pedalamos seja perfeita, se realizamos sessões de treino extremamente longas por vários dias seguidos, é normal que sintamos algum incômodo na região lombar e no pescoço. O fato é, este é uns dos primeiros sintomas que o ciclista sente quando está em overtraining.

4) Aumento do apetite

 

Um dos sintomas mais comuns no overtraining é o aumento do apetite, e esse pode ser um belo indicativo que você está treinando além da conta. Esse apetite aumentado nada mais é que, uma reação fisiológica do nosso organismo, ou seja, nosso corpo está "pedindo" uma grande quantidade de nutrientes para reparar os músculos e repor o glicogênio muscular.

5) O sono

 

O sono é essencial para a saúde de qualquer pessoa, quando dormimos o nosso organismo repara os tecidos musculares de forma mais eficiente, como também ocorre a síntese hormonal. Disfunções durante o sono é um belo indicativo que seu corpo não está bem, e também é um dos sintomas do excesso de treino. Seja se estamos sentindo muito sono ou se estamos dormindo muito pouco, ambas as situações podem indicar overtraining.