A luta pela Camisa Vermelha começa no próximo dia 25

Agosto 20, 2018
Pódio final da Vuelta 2017 com o vencedor, Chris Froome, ao centro, acompanhado de Vincenzo Nibali, à esquerda, e Ilnur Zakarin, à direita. Pódio final da Vuelta 2017 com o vencedor, Chris Froome, ao centro, acompanhado de Vincenzo Nibali, à esquerda, e Ilnur Zakarin, à direita. Foto: Jose Jordan/AFP/GettyImages

Depois do Giro d’Itália e do Tour de France, chega vez de La Vuelta a España, a terceira e última das “Grandes Voltas” do calendário mundial de ciclismo. Para a 73ª edição da Vuelta, o pelotão cumpre 3271.4 km divididos em 21 etapas e 23 dias, tendo os ciclistas apenas dois dias de descanso. Com partida em Málaga, a Volta a Espanha 2018 promete ser muito dura. Este ano, o percurso tem as seguintes características:

  • 6 etapas planas e 2 etapas planas com final em montanha;
  • 6 etapas de média montanha;
  • 5 etapas de montanha;
  • 2 etapas de contrarrelógio individual;
  • 46 prêmios de montanha.

No ano passado, Chris Froome vestiu a camisa vermelha, símbolo de líder, no pódio final em Madrid. Foi a primeira Vuelta da carreira do britânico da Sky que foi acompanhado pelo italiano Vincenzo Nibali, em segundo, e pelo russo Ilnur Zakarin, em terceiro.

Consulte a programação completa em www.eurosport.pt.