Peter Sagan não está bem e tira férias

Mai 02, 2019

Não é o ano de Peter Sagan, isso é uma evidência. Estamos ainda em maio, mas a temporada poderia ser descrita como um fracasso para o Eslovaco. Para Sagan, ele não é um corredor de grande voltas, mas metade da primavera foi marcada por um saldo praticamente nulo: se resume em uma única etapa no Tour Down Under.

Portanto, agora é uma boa hora para Peter Sagan tirar férias. Isso foi decidido em conjunto por ele e sua equipe, a Bora-Hansgrohe.

Na verdade, esta decisão veio uma semana atrás, quando Peter Sagan anunciou que não iria participar da Liege-Bastogne-Liege.

A primavera não tem sido muito florida para Sagan, seu melhor resultado foi um quarto lugar na Milan-San Remo.

Depois do Tour de Flandres, ele mesmo disse, sempre sincero: "Eu não sou o mesmo de 3 anos atrás".

Portanto, a própria Bora-Hansgrohe e o Peter Sagan viram com bons olhos fazer uma pausa agora, uma vez que o mês mais importante já passou. Peter Sagan é um especialista em clássicas e os resultados mostram que ele não está bem.

Patxi Vila, diretor da Bora, já anunciou que ele voltará no Tour da Califórnia, uma corrida em ele espera devolver os bons sentimentos.

Na verdade, ele já havia anunciado que a Fleche-Valone ele iria trabalhar como gregária. Seus objetivos para o resto da temporada são claros: o Tour da Suíça, e acima de tudo a camisa verde do Tour de France, onde ele poderia desbancar com 7 greens a Erik Zabel.