Lance Armstrong: o fim de uma lenda

Outubro 22, 2012
Lance Armstrong pensativo... Lance Armstrong pensativo...

No início de sua carreira, em 1992, Lance Armstrong demonstrava ser um ciclista realmente promissor, foi quando em 1996 detectaram um câncer de testículo que poderia levar a sua morte. Conseguindo sair vitorioso na batalha contra o câncer, em 1998 voltou ao ciclismo profissional e em 1999 se converteu na lenda do esporte. Em um exemplo de superação chegando a ganhar 7 Tours de France consecutivos (1999-2005).

Nascido em 1971 em Austin, Texas, Lance Armstrong começou como profissional na equipe Motorola, de 1992 a 1996. Sua primeira vitória foi no Tour de Ademais, em 1993, e nesse mesmo ano, quando ainda não tinha tanta repercussão no pelotão, conseguiu consagrar-se como campeão do mundo. A partir desse momento as atenções começaram a se concentrar nesse jovem americano de apenas 22 anos.

Em 1996 a vida de Lance Armstrong foi abalado com o diagnostico de câncer de testículo com metastasis pulmonares e cerebrais. Com isso, obviamente, todos supuram que o ciclista abandonaria sua carreira profissional com apenas 25 anos. Contudo não foi isso que aconteceu, Lance se submeteu a sessões de quimioterapia e em 1998 voltou a subir na bicicleta como profissional pela equipe Cofidis.

Seu grande momento chegaria em 1999, ano em que foi contratado pela equipe US Postal Service. Vencendo o primeiro Tour de France da sua carreira, nesse ano se converteu em um exemplo de superação. A partir dai Lance Armstrong ganharia sete Tours de France consecutivos, Até 2005, ano em que decidiu colocar um ponto final a sua carreira.

A sua retirada do esporte não foi definitiva, depois de 3 anos longe do pelotão, em 2008 anunciou sua decisão de voltar ao ciclismo profissional pela equipe Radioshack. Nesta nova aventura conseguiu um 3ª lugar no Tour de France de 2009 antes de pendurar a bicicleta de forma definitiva no ano de 2011.

Armstrong colocou assim fim a uma carreira cheia de êxitos e de triunfos, tanto profissionais como pessoais. Até poucos dias atrás ele era considerado como um exemplo de superação, o melhor ciclista de todos os tempos, uma lenda do esporte.

Agora a União Ciclista Internacional (UCI) retira todas as suas vitórias conseguidas desde 1 de agosto de 1998. Isso supõe o fim de uma lenda do esporte...