Domingo, 9 de abril, teremos a 115ª edição da Paris-Roubaix

Abril 04, 2017
Franco Ballerini, Paris-Roubaix 1995 Franco Ballerini, Paris-Roubaix 1995

A primeira edição da Paris-Roubaix foi em 1896, tornando-se uma das mais antigas provas de ciclismo do mundo. Ao longo dos anos ganhou apelidos como a "Rainha das Clássicas" e "O Inferno do Norte", e continua sendo uma das vitórias mais perseguidas na carreira de um ciclista profissional.

A Paris-Roubaix marca o fim do calendário dos "Cobbled Classics", e a verdade é que vamos desfrutar de um encerramento culminante dessa primeira fase de competições do ciclismo profissional, após corridas como o Tour de Flanders, a E3 Harelbeke e a Gent-Wevelgem.

  • Data da prova: Domingo 9 de Abril
  • Largada: Compiègne, norte de Paris
  • Chegada: Vélodrome André-Pétrieux, Roubaix
  • Distância total: 257km
  • Distância em paralelepípedos: 52,8km

Neste ano de 2017 o percurso da Paris-Roubaix irá conter 29 setores em paralelepípedos, somando uma distância total de 52,8 km. Os três setores mais esperados são: Tranchée d'Arenberg, Mons-en-Pévèle e Carrefour de l'Arbre.

Nessa Paris-Roubaix 2017 ocorreram mudanças em comparação a anos anteriores, foram incluídos dois novos setores, Briastre e Solesmes, sendo respectivamente o setor 25 e 26 perto do início da corrida. É a primeira vez que estes dois setores são usados desde 1987.

"O primeiro tem três quilômetros de extensão, está sendo reformado, mas é um dos setores mais difíceis", disse o criador da rota Thierry Gouvenou, do setor Briastre.

"O próximo é muito mais curto, no entanto, é uma subida. Não é nosso desejo tornar a corrida mais difícil nesta fase, mas encontrar mais diversidade entre os setores de paralelepípedos e garantir que essas áreas continuem alimentando a lenda", disse Thierry Gouvenou, sobre o setor Solesmes.

115ª edição da Paris-Roubaix