Volta à Lombardia, o último “Monumento” da temporada

Outubro 04, 2017
Johan Esteban Chaves, com o troféu da Volta à Lombardia 2016. Johan Esteban Chaves, com o troféu da Volta à Lombardia 2016. Foto: Luk Benies /AFP/Getty Images

Um pelotão recheado de estrelas, como: Tom Dumoulin, Nairo Quintana, Vincenzo Nibali, Primoz Roglic, Fabio Aru, Michal Kwiatkowski, Rui Costa, Warren Barguil ou Thibaut Pinot.

Acompanhe a prova este sábado, 7 de outubro, no Eurosport 1, a partir das 14:30h, com comentários de Paulo Martins e Gonçalo Moreira.

Depois da Milão – San Remo, da Volta à Flandres, da Paris – Roubaix e da Liège-Bastogne-Liège, chega a vez da Volta à Lombardia, o derradeiro “Monumento” da época. Por se realizar no outono, é também conhecida como a “Clássica das Folhas Caídas” à semelhança da Paris – Tour.

A primeira edição da Volta à Lombardia data de 1905. Este ano, cumpre-se a 111ª edição da histórica corrida. São 247 km de distância com partida em Bergamo e chegada a Como.

A prova é considerada por muitos como uma clássica para escaladores, uma vez que favorece as caraterísticas deste tipo de ciclistas, apesar do final tipicamente plano ideal para os sprinters. A subida a Madonna del Ghisallo, nos últimos quilómetros antes da meta, é uma das mais famosas da corrida.

No ano passado, a vitória sorriu ao colombiano Johan Esteban Chaves da Orica-Scott. Foi acompanhado no pódio por Diego Rosa, em segundo, e Rigoberto Uran, em terceiro.

Johan Esteban Chaves é o grande ausente para a edição da Volta a Lombardia 2017. O colombiano Orica-Scott sofreu uma queda no Giro dell’Emilia que resultou na fratura da omoplata direita e já não compete mais esta temporada.

O italiano Fausto Coppi é o ciclista com maior número de títulos na Volta à Lombardia, com um total de cinco (1946-1949, 1954). Segue-se o italiano Alfredo Binda com quatro (1925-1927, 1931).

  • Volta à Lombardia
  • Eurosport 1 – sábado, 7 de outubro – 14:30

Não perca a Volta à Lombardia, o derradeiro “Monumento” da temporada, sábado, 7 de outubro, no Eurosport 1 ou no Eurosport Player, a partir das 14:30, com comentários Paulo Martins e Gonçalo Moreira.