As lesões mais comuns no ciclismo, e como preveni-las

Junho 07, 2018
As lesões mais comuns no ciclismo, e como preveni-las Photo: jacobyandmeyers.com

Não importa se o acidente é causado por uma falha mecânica ou excesso de treinamento, a lesão é uma parte vital do ciclismo, parta do princípio de que essa é a razão desafiadora para treinar todos os dias. No entanto, existem algumas lesões que são impossíveis de evitar, são lesões que em algum momento virão e devemos estar preparados para evitá-las.

Tendinite de Aquiles

Esta lesão é causada por uma inflamação excessiva, não deve ser confundida com a ruptura do tendão de Aquiles, que é uma lesão muito mais dolorosa e súbita, o que requer atenção médica imediata. Tendinite de Aquiles é geralmente devido a uma mal ajuste da bicicleta, também a posição dos tacos da sapatilha pode formar a base para esta lesão.

Como tratar a Tendinite de Aquiles?

Faça uma pausa e descanse, use gelo para acalmar a inflamação. O ibuprofeno também é muitas vezes um grande aliado para os ciclistas, é uma grande ajuda para inflamações. Se a sua lesão não for causada por excesso de treino, é mais provável que seja devido ao selim da bicicleta, um selim muito alto mantém o pé em flexão plantar que causa a contração constante dos músculos da panturrilha.

Tendinite Patelar

Logo abaixo da nossa rótula está o tendão patelar. A tendinite patelar na maioria dos casos é causada por microtraumas repetitivos causados por um assento muito baixo ou muito alto.

Como tratar a Tendinite Patelar?

O mais importante é equilibrar o trabalho em todos os músculos, quadríceps, isquiotibiais e músculos dos glúteos, desta forma não há uma fadiga em um único grupo muscular.Tente variar a sua cadência, recomenda-se uma alta taxa de 90-120 rotações por minuto, isso pode ajudar a prevenir lesões. O aumento de sua cadência contribuirá também com melhorias no nível cardiovascular.

Fratura de Clavícula / Escafóide

Durante um acidente de bicicleta estes dois ossos tendem a quebrar com mais freqüência, outro osso que costuma quebrar é o escafóide (osso do carpo no lado do polegar da mão), estes são os pontos fracos que absorvem o impacto quando o ciclista cai.

Como evitar estas lesões?

O conselho geral é que, ao cair de bicicleta, tente manter as mãos no guidão, nosso corpo pode absorver o impacto em vez de nossas mãos.