Quão importante é a flexibilidade para os ciclistas?

Junho 26, 2018

Talvez você não precise se alongar em uma posição avançada de yoga, mas uma certa flexibilidade é importante para todos os atletas. O ciclismo, em particular, pode levar a músculos curtos e tensos, devido à pedalada constante com pouca ou nenhuma amplitude de movimento. Não só a posição da bicicleta restringe o movimento em si, mas você também precisa ser capaz de manter a postura correta para evitar lesões. Então, sim, a flexibilidade para os ciclistas é um elemento muito importante.

Por que o ciclismo faz seus músculos ficarem rígidos?

Além da dor muscular natural que vem do exercício e do acúmulo de ácidos lácticos, o ciclismo pode causar rigidez muscular de outras maneiras. Primeiro de tudo, se você ficar em qualquer posição, seja sentado ou em pé, por um longo período de tempo, pode causar uma rigidez muscular. Você está em uma posição curvada para a frente por horas a fio, com a própria posição agindo para encurtar os músculos. Sim, é um ótimo exercício cardiovascular e vai fazer você mais forte, mas o movimento está usando os mesmos músculos mais e mais da mesma maneira.

Pense em quando você está pedalando na sua bicicleta. Suas pernas nunca estão completamente estendidas ou flexionadas, limitando a amplitude de movimento das articulações. Você está efetivamente contraindo seus músculos, em vez de alongá-los, o que pode com o tempo, levar ao que é conhecido como encurtamento adaptativo. O mais comum em ciclistas de estrada é o encurtamento dos flexores e isquiotibiais do quadril, o que pode levar a problemas nas pernas e parte inferior das costas.

Por que a flexibilidade para os ciclistas é importante?

A flexibilidade, ou melhor, a inflexibilidade, pode levar ao desequilíbrio do corpo e até mesmo fazer com que a estrutura do corpo saia do alinhamento. Não conseguir alongar e manter a flexibilidade adequadamente pode afetar seu desempenho, mas isso inevitavelmente leva a lesões e desconforto.

1. Desempenho e Conforto

Se você está preocupado estar na posição mais aerodinâmica possível na sua bike, então você precisa ser flexível. Para inclinar-se baixo em seu guidão enquanto dirige a força para suas pernas, você tem que ser capaz de estar nessa posição em primeiro lugar. Por exemplo, os isquiotibiais encurtados tornarão a posição aerodinâmica impossível limitando a potência da sua pedalada.

Conforto na bicicleta leva tempo, mas o que você faz fora da bike desempenha um papel enorme. Para melhorar o seu desempenho, você tem que trabalhar a postura em cima da bike e manter um núcleo forte. O alongamento regular pode ser importante para manter sua saúde geral, bem como garantir que você seja melhor em cima da bike.

2. Prevenção de lesões

Manter a postura correta em sua bicicleta pode ajudar muito a evitar lesões. A inclinação natural é arredondar as costas enquanto você gira a cabeça para olhar para frente. Isso não só cria arrasto, como também causa dor na parte inferior e superior das costas e pescoço.

Tudo no seu corpo está conectado. Portanto, para manter a postura adequada da bicicleta, você deve ter flexibilidade adequada na parte inferior das costas, quadris, glúteos e isquiotibiais. Quanto mais planas suas costas estiverem, menos problemas você enfrentará no seu treinamento.

Como mencionado anteriormente, o movimento repetitivo na bicicleta resulta que somente certos músculos são utilizados, fazendo com que os músculos e articulações não utilizados se tornem fracos e vulneráveis à lesões. É preciso alongamento para manter os músculos longos, bem como treinamento de força para garantir que seu núcleo esteja à altura da tarefa de manter a posição correta na bicicleta.